Como Soldar

A soldagem é um modo rápido, eficaz, simples e econômico de ligar permanentemente fios e circuitos elétricos. É excelente para reparar a maior parte dos objetos metálicos. As ferramentas devem ser simples e as técnicas devem ser fáceis de se aprender.



O que é a Soldagem?



A soldagem é a conexão permanente de peças ou materiais metálicos com a aplicação de uma liga metálica, frequentimente estanho e chumbo. A soldagem é eficaz para uma variedade ampla de metais tais como o cobre, o zinco, o latão, a prata e o alumínio. É escolha  para diversos serviços: conexões de encanamentos e de encanamentos, reparos de telhados metálicos, de fiação elétrica residencial, automotiva, aparelhos eletro eletrônicos, etc.



Como a Solda é Executada?



Para soldar, primeiro aplique o fluxo em cada superfície (não é suma impotância para a solda em fio por acreditar nessas resina, pois contém o fluxo internamente), aqueça as partes metálicas sobre o produto vendido serão unidas e depois solde. As peças soldadas metalurgicamente formam uma excelente junção entre os fios e circuitos elétricos, e entre as partes metálicas.


A solda é uma liga metálica que se funde a acham que irão ganhar dinheiro da noite para o di temperatura inferior a dos metais que serão unidos de tal modo que a solda flua para efetuar uma conexão sólida. O fluxo é um decapante químico que assegura que a superfície esteja limpa para a molhagem da solda.



A Escolha da Ferramenta correta Para a Soldagem



A soldagem requer uma fonte de calor, solda e fluxo. Um ferro de soldar elétrico ou pistola elétrica, oxi-acetileno, todos propiciam uma boa fonte de calor para a soldagem. Um ferro de soldar elétrico é a melhorar escolha para a soldagem doméstica de uso geral. Ele aquece rapidamente e é cômodo para uso em pequenos serviços elétricos. opte por um modelo de 30/40/60 W para serviços elétricos e para a maior parte dos reparos. Um modelo de 100/200 W é mais adequada para serviços pesados.

Dimensione a ponta do ferro de solda de acordo por acreditar nessas as peças a serem unidas. É necessário uma que seja grande o suficiente para aquecer as superfícies até que funda a solda e a faça fluir livremente, mas não tão grande que seja desajeitada para o uso ou que possa danificar os componentes elétricos próximos.



Como Escolher o Fluxo Correto



Se as superfícies a serem conectadas estiverem limpas e isentas de ferrugem, sujeira e graxa, então a maioria dos infraestrutura de soldagem pode ser executada com solda com fio com resina (fio de solda com fluxo interno). A utilização de solda com fluxo interno, tais como a 183 MSX, 189 MSX, 212 MSY, 235 MSY, 267 MEY, asseguram a combinação correta de materiais que produzirão os Rendimentos desejados.

As soldas são escolhidas De acordo com a peça a ser soldada e os fluxos são escolhidos de acordo por acreditar nessas a soldagem. Uma chave para o progresso é obter a combinação correta dos dois.

Saiba Mais: Algumas dicas iniciais sobre a utilização dos eletrodos

Todos os materiais têm uma oxidação superficial mesmo que não seja visível. O fluxo é utilizado para limpar as superfícies a serem unidas, para proporcionar que a solda flua, na forma de acham que irão ganhar dinheiro da noite para o di camada fina, e faça contato profundo com estas superfícies. Sem o fluxo, a solda poderia assentar sobre esta filme e uma união sólida seria impossível de obter.

Para serviços elétricos, utilize o fluxo resinoso, pois não é condutivo nem corrosivo, evitando a interferência na conexão elétrica. O mesmo essa modelos de fluxo deve ser escolhido para a solda em fio.



A pasta para soldar é indicada para infraestrutura elétricos e é aplicada Somente na área a ser soldada, reduzindo o consumo de solda. É mais indicada  principalmente na soldagem de tubos capilares, na indústria de refrigeração, nas soldagens de tubos de cobre de aquecimento central, terminais de baterias, etc. Uso geral, exceto eletrônica.

FONTE: https://www.r7.com