BATERIA DE CAMINHÃO E SUA CARGA

Vários perguntam se pode espalhar uma trem mais forte em um automóvel. A dúvida é constantemente baseada na entendimento que, sendo o alternador mais despreparado, não se precisa espalhar uma trem maior ou com personalidade maior de trabalho.

O altercação é bom, porém o malogro, ao menos do passado, não apoia essa especulação. Como dessa maneira? Até alguns anos atrás, o alternador mais forte do mercado era de 35 A, no momento em que utilizado utilizado no seu máximo. Hoje há no mercado alternadores que chegam a 150 A, ou mais, se forem peças preparadas, como aqueles que carregam baterias de sentença profissional.

Ao longo a história automobilística existiram alternadores com mais baixos ou maiores capacidades que algumas baterias do mercado. Um bom malogro disso são as baterias de caminhão, os antigos, que eram equipados com baterias de 150 A e possuíam um alternador de somente 35 A.


Penosamente uma trem dessa arriava por ter um alternador mais despreparado. O que explica isto? Como esclarecemos em outro post, uma trem pode ser comparada com uma caixa de água, e o alternador com uma posto ou com a pressão da água que vem do canal da rua. Enquanto tudo estiver okay, por isso a refeição da caixa vai deixar a chegada de água somente para adicionar o que já foi roçado.

O mesmo ocorre com um automóvel ou com um caminhão. O regulador de voltagem, canhão que encontra-se dentro do alternador e possui um ofício parecida com a da refeição, controla a chegada de corrente que que foi gasta da bateria.

Bateria constantemente vai estar carregada, sem força, não importa o massa. Isto é dessa maneira visto que o que falta de força na trem é constantemente o mínimo – isto em condições normais de utilização. Porém por que a trem de caminhão é maior que a de um automóvel de volta? Simples. Por pleito da vigor elétrica que necessita para realizar o propulsor pegar.

Tudo em um caminhão é maior, até mesmo o propulsor de ironia. Ainda que o princípio de desempenho dele seja o mesmo do impulso de um automóvel, suas peças são maiores por pleito do propulsor (do caminhão) maior, e por serem movidos a diesel, combustível com maior dificuldade de ignição. Uma trem maior, ou com placas de chumbo mais largas, possui maior personalidade de corrente de ironia.

Ela é uma bateria de automóvel aumentada. Mais chumbo, mais ácido, mais espessura e então mais força / momento ou de ironia como mencionado acima. Somente a voltagem (12 volts) é a mesma. No momento em que se quer uma trem de 24, basta pregar em série duas de 12. O valor similarmente é bem maior. Elas são fabricadas com 150, 170, 200, e até de 220 amperes/ momento. Maior que isto são chamadas de “baterias mentirosas”, uma vez que suas placas não caberiam dentro de um caixa comum de trem de caminhão. O certamente, ao adquirir uma, é afirmar a figura do sigilo do INMETRO, e de preferência ser um produto de indústria com bom nome no mercado ( geralmente as mesmas que fabricam baterias Top para carros de volta ).