Abrir Conta Offshore

Pessoas de países no qual os impostos são elevados, os custos para a exórdio de parentela são altos, além da burocracia envolvida para abrir e nortear uma estrutura jurídica, são atraídos pela eventualidade de ter parentela no exterior. Felizmente, pequenas companhias profissionais liberais similarmente são capazes de se favorecer dessa eventualidade.


Os primordiais atrativos de parentela offshore são:


Baixa burocracia fiscal ;


Facilidade na desafogo de contas bancárias no exterior ;


Proteção de tesouro acervo ;


Acerto parcimônia você precisa ter sua empresa

Já pensou em ter uma conta corrente no exterior,Então acesse no site,Obtenha informação

offshore sem ter que trespassar de casa ;


Facilidade velocidade de fazer-se parentela, mormente comparamos com a burocracia custos de uma desafogo no Brasil ;


O significado de offshore: É primordial comunicar um contestável envolvendo companhias offshore: dissemelhante que se pensa ouvimos a voto “ glória fiscal ”, parentela offshore não envolve ocultação de impostos, no entanto precisa ser usada para a diminuição de tributos ou dispensa conjunto da encargo tributária se for propriamente estruturada. Defendemos a excelência justo dos tributos, de modo algum a evasão fiscal.


VOCÊ PODE ABRIR A SUA EMPRESA NO EXTERIOR SEM SAIR DE CASA

Varias jurisdições especializadas em ligamento de companhias offshore facilitam todo o processamento de exórdio da empresa, visto que essa condições indispensáveis de uma economia avançada é o maior que essas jurisdições evidencia a proporcionar, por fim é uma das primordiais fontes de renda para estes países. Tudo que necessita realizar é exercer os formulários proporcionar os comprovantes de diligência prévia exigidos pela jurisdição.


EXEMPLOS DE COMO UMA INDIVÍDUO FÍSICA PODE SE FAVORECER COM UMA ESTRUTURA JURÍDICA NO EXTERIOR?


Facilitação para lacuna de conta bancária, compra distribuição de acervo único ;


Atuação de idear Sucessório ( Transmissão de emissário sem os custos, discussões demoras absurdas de um especificação );


Proteção de Ativos;


Avaliação das etapas de um projeto Cobiçoso ;


Fascinante que protege selo, privança aos serviços, segurança isenções fiscais.


Profissionais liberais similarmente são capazes de usar dessa escolha, recolhendo pelos serviços prestados por parentela offshore, como maneira de coarctar a trouxa tributária acidental aos seus rendimento.


VEJA EXEMPLOS DE COMO AS INDIVÍDUOS JURÍDICAS SÃO CAPAZES DE SE FAVORECER COM UMA EMPRESA OFFSHORE:


Alcançar por meio da Offshore: Empresa de importação saída, por ex, precisa conformar aos solicitações de compradores de vários partes do mundo a partir de parentela offshore, até aquelas que ambicionam conseguir ou arrendar os direitos de utilização de copyright, indubitável, marca registrada ou entendimento dos seus detentores originais.


Atuação de idear Afluente: É maior parte fabricar-se uma Holding offshore, que controla todo o movimento de subsidiárias em diversos países. Com essa escolha, as subsidiárias obtêm o favor de deduções tributárias sobre o capacidade reparado. Por consecutivo, é possível parentela capitalizar-se, além de eximir impostos porém baixa gerados pela demanda de royalties dividendos.

FONTE: https://es.sfm.com/apertura-de-cuenta-bancaria?gclid=CjwKCAjwq-TmBRBdEiwAaO1enwHFifjhKWXXuqDHi5yxzgpswq65e80H4RlJRWvfuJZ3GfWsnTprQRoCelIQAvD_BwE

Banco Offshore

Recebemos várias perguntas sobre como abrir uma conta bancária no exterior e vamos utilizar este texto para respondê-las. A forma mais fácil de abrir uma conta no exterior é a partir de um intermediário permitido. Vários bancos, especificamente no Caribe, Europa, Oriente Médio, Ásia e na América Latina exigem uma referência ou apresentação do candidato para quantidade abrir uma conta bancária. Em vários casos, o intermediário pode proporcionar a referência ou entregar o cliente ao banco, então, facilitando à boca da conta.


Visite a passagem jurisdições que abrem contas corporativas remotamente para saber os requisitos e depósitos mínimos importantes para abrir uma conta empresarial no exterior.


Veja as vantangens de utilizar um intermediário permitido para favorecer à boca da sua conta no exterior
Alguns bancos exigem uma apresentação oficial do candidato e apenas abrem contas bancárias por meio de dessa apresentação.

Nesse caso, o intermediário pode realizar a apresentação do candidato ao banco ;


O intermediário permitido faz a investigação da papelada exigida, orientao cliente como proceder ao longo entrevistas ( alguns bancos fazem entrevistas via SKYPE) com os bancos e ajuda no desempenho dos formulários que na maiora das vezes são em inglês. Tudo que você necessita realizar é proporcionar os comprovantes de diligência prévia exigidos pelo banco ( veja embaixo a listagem padronizada de documentos exigidos);


Em alguns casos, a correlação do intermediário com o banco é tão ótima que o processamento de diligência prévia pode ser pouco exigente ;


Em virtude das nossas relações que o intermediário estabeleceu de modo direto com os bancos, ele pode realizar a apresentação do cliente remotamente e então evitando a urgência do candidato ir pessoalmente ao banco para abrir a sua conta no exterior ;


Várias vezes as capacidade do banco enjeitar o pedido de boca da conta são reduzidas em ofício da correlação sólida que o intermediário permitido possui com os bancos



Indivíduo Física


Pastiche autenticada do autorização. Alguns bancos similarmente exigem Apostila da Acerto da Haia;
Pastiche atual (no máximo 3 meses) autenticada de uma conta de luz ou extrato bancário comprovando dirijo.

Alguns bancos similarmente exigem Apostila da Acerto da Haia;


Uma referência do seu banco atual, em papel timbrado do banco, afirmando que você vem sendo um cliente inteiro e tem conta há vários anos;


Uma referência profissional. Referência profissional é uma letra de um orago, medidor ou outro profissional colendo confirmando que você possui bom natureza (estas são raras, porém alguns bancos exigem).


Comprovatório de renda. Isso pode ser um conjunto de extratos bancários ou recibos de pagamento desvendando o seu salário mensal. Se o seu capacidade é de poupança ou investimentos, será preciso realizar uma prova dessas.

Clique Aqui: O banco offshore é frequentemente associado a um alto nível de sofisticação 

Conta Corporativa


Pastiche autenticada do autorização. Alguns bancos similarmente exigem Apostila da Acerto da Haia;


Pastiche atual (no máximo 3 meses) autenticada de uma conta de luz ou extrato bancário como comprovatório de dirijo. Alguns bancos similarmente exigem Apostila da Acerto da Haia;


Uma referência do seu banco atual, em papel timbrado do banco, afirmando que você vem sendo um cliente inteiro e tem conta há vários anos;


Uma referência profissional. Referência profissional é uma letra de um orago, medidor ou outro profissional colendo confirmando que você possui bom natureza (estas são raras, porém alguns bancos exigem).


Documentos da empresa autenticados. Isto contém pastiche da Declaração de Incorporação da Empresa, CNPJ e Lei de Clube ( ou documentos equivalentes), Repartição de Diretores, Patas e / ou Acionistas, e Diagrama da estrutura da empresa (se houver acionistas das companhias );


Plano de serviços projetado, descrevendo o propósito da empresa, o volume de estima / prescrição, canais de consumo e uma avaliação da rivalidade.

Se você abrir uma conta corporativa a partir de Clube Externo, providenciaremos todos os documentos da empresa importantes para a boca da sua conta corporativa.


REMOTAMENTE


A partir de CLUBE EXTERNO, você pode abrir a sua conta no exterior sem sair de casa! Graças aos nossos contatos e relações com os bancos estrangeiros, podemos favorecer a boca de contas remotas em diversos países. Representamos diversas jurisdições, entre elas Suíça, Luxemburgo, Letônia, Panamá, Belize e Portugal no qual trabalhamos com um banco que oferece assistência ao cliente e marujo na internet em Português para realizar toda a sua cirurgia bancária on-line!


GARANTIAS DE BOCA DA CONTA



CLUBE EXTERNO não assume a responsabilidade na decisão tomada pelo banco. O banco pode adulterar o técnica de boca de conta, termos e requisitos a qualquer hora.


Se o cliente enjeitar proporcionar a papelada e / ou informação exigida pelo banco e / ou proporcionar informações falsas ou incorretas ao deputado do banco e / ou de CLUBE EXTERNO, a tarifa relativo a consultoria de boca da conta não será reembolsada nem sequer transferida para pagamento de mais serviços prestados por CLUBE EXTERNO.


O valor reparado pelo processamento de boca de uma conta por meio da CLUBE EXTERNO não é reembolsável, no entanto em caso de negativa da conta bancária por qualquer outro razão, salvante o do aprazado no ponto antepositivo, a tarifa relativo a consultoria de boca da conta bancária será creditada no pagamento de uma boca de conta alternativa ou mais serviços prestados por CLUBE EXTERNO.


As taxas de consultoria de CLUBE EXTERNO relativas à boca da conta bancária não incluem taxas exigidas pelos bancos e / ou sarro exigido pelos bancos.

FONTE: http://www.ripbr.com.br/Servios-Offshore.html

Gerenciamento de Riscos Offshore

Na momento de ajeitar qualquer tipo de lanço tanto para uma única empresa como para um grupo inteiro de organizações, é necessário ingerir certos afazeres em correlação à segurança. Afinal de contas, garantir a comunicação sadio de todos os convidados é apenas primordial para o sucesso da iniciativa. Isto sem montar que similarmente é fundamental para evitar qualquer ocorrência que justifique a demanda e o racional pagamento de indenizações ou multas. É aquele antecessor dito fazendo academia: antes proteger-se que atenuar.


Os requisitos básicos


Quem trabalha na gestão de acidentes corporativos precisa saber: alguns requisitos básicos não podem ser negligenciados. Na execução, várias companhias deixam este vária como o último da listagem ou não se preparam para possíveis imprevisíveis, porém é precisamente por essa motivo que pequenos complicações costumam se modificar em grandes dores de cabeça.


Supervisionar os princípios de segurança serve para evitar ocorrências desagradáveis, como queda de itens, acidentes com convidados e até furtos. Sem montar que uma disposição cuidadosa, com todas as devidas informações documentadas, similarmente pode servir como um indicativo, em casos de acidentes, de que a empresa tirou todo o preciso para garantir a segurança dos integrantes. Porém por no qual iniciar?


Vistoriar o local


É fundamental vistoriar qualquer que seja o local antes da prática do lanço. Veja se tudo está de acordo com as código de segurança exigidas, além de afirmar a figura de extintores de guerra (funcionando bem ) em pontos estratégicos.


Informe-se também sobre as saídas de necessidade: se estão conforme sinalizadas e prontas para o caso de precisarem ser utilizadas por qualquer chamado, até mesmo se for emissário de qualquer urgência sui generis. Verifique similarmente se a papelada do lugar está atualizada e se as certificações emitidas pela municipalidade e pelo corpo de bombeiros estão visíveis ao público.


Dar os alvarás


Não possui problema: qualquer lanço necessita de a aprovação da municipalidade para ser executado. Dessa maneira, o encarregado por sua disposição precisa contatar a matriz administrativa do município, informando-se sobre a papelada essencial. Para concordar a aprovação, as autoridades frequentemente solicitam os seguintes documentos:


contratação de colocação ;


atitudes de higienização ;


apólice da empresa de segurança contratada;


termo de responsabilidade assinado ;


pastiche de comunicação à polícia e ao corpo de bombeiros.


Administrar os riscas


A gestão de riscas consiste em realizar o verificação de todas as possíveis adversidades que possam manifestar-se ao longo o lanço, preparando-se preferencialmente para evitá-las ou, se for preciso, para ingerir as atitudes necessárias caso verdadeiramente aconteçam.


Estes riscas tendem a sujeitar-se do perfil do lanço, do local e dos próprios integrantes, indo a partir de fenômenos naturais, como tempestades e queda de raios, a rupturas técnicas, como o utilização descabido das instalações elétricas, passando aí no meio do percurso por furtos, agressões, incêndios, falta de clareza e contaminações pela consumo de alimentos pouco cozidos ou vencidos, por exemplo.


Admitir bons seguranças


É aconselhável admitir profissionais qualificados, que tenham realizado cursos em boas escolas e, dessa forma, estejam aptos a concorrer uma série de distintos dificuldades. Afinal de contas, você necessita montar com prontidão para comportar-se perante de imprevisíveis e situações críticas.


Pensando nessa história, vale examinar as certificações e as aptidões pessoais dos seguranças contratados. Cheque as referências de cada um e canhão a avaliação de indivíduos que já usaram seus serviços. Bons seguranças são preparados até emocionalmente, para não perderem a cabeça por qualquer razão, apenas fazendo utilização da vigor física no momento em que rigorosamente preciso.
Além disso, é necessário que haja seguranças em porção satisfatório, de acordo com as dimensões do lugar e o volume de convidados.

E uma outra orientação, que costuma mudar em branco por vários organizadores inexperientes, é admitir similarmente seguranças do volúpia feminil, caso surja a urgência de abordar mulheres para auditoria ou de entrar no toalete feminil. Ajeitar a ciência combinatória.


A segurança em acidentes corporativos precisa ser realizada ao longo todo o tempo, a partir de a disposição do local e a aparecimento dos convidados, inclusive, evidente, seu tempo de duração e se prolongando até em seguida do fim. Fora isto, é sugerido seguir certos protocolos de segurança ao longo todo o lanço, como dejeto e proteção a determinadas autoridades. Isto significa que, em casos de vontade de qualquer tipo, precisam interessar atitudes primeiro elaboradas, prontas para serem eficientemente executadas.


Saber o público


É importantíssimo saber as qualidades do público que participará do lanço. Apenas dessa maneira é possível adotar as atitudes certas. Em caso de autoridades políticas, religiosas, grandes empresários ou artistas, recomenda-se ter afazeres também maiores com o sistema de credenciamento, de modo a não deixar rupturas de segurança e ameaças concretas. É necessário observar similarmente se os integrantes ( ou ao menos alguns deles) contem limitações físicas, preparando o lugar adequadamente para recebê-los.


Garantir ótima comunicação


Para garantir a segurança do lanço, convém dar uma comunicação efetivo, com todos os integrantes tendo acesso a ela de maneira clara e em sua linguarão ou de acordo com suas necessidades, no caso de deficientes auditivos ou visuais, indivíduos que não sabem ler e dessa maneira por perante. Nesse intuito, a comunicação visual é primordial, indicando as respectivas salas e cômodos, entradas e saídas, refeitórios, banheiros e mais pontos.
O utilização de dispositivos que permitam uma comunicação ágil e discreta com os responsáveis diretos pela segurança do lanço, a fim de informar sobre qualquer mutação, similarmente é muito benéfico.


Admitir um sem riscos


No caso dos acidentes, os seguros oferecem coberturas de distintos tipos, garantindo indenizações no caso de acidentes que provoquem morte ou invalidade ( regular ou temporária) das vítimas ou mesmo cobrindo despesas médico-hospitalares e odontológicas. Embora de não serem várias as seguradoras especializadas nesse tipo de sem riscos de limitado tempo, elas há efetivamente.


Dar os transportes


Outra maneira de precaver pela segurança dos convidados é providenciando transportes para levá-los de um ponto central até o local do lanço e, evidente, devolvê-los na volta. Escolha uma ótima empresa de transporte, com motoristas e veículos conforme autorizados pelos órgãos competentes para realizar este serviço. Assegure-se de que os veículos contam com produtos essenciais para a segurança dos usuários, como sem riscos para os passageiros.


Também falando de veículos, porém agora em outro intuito, uma ótima pedida é prescrever de uma ou mais ambulâncias no local do lanço para o caso de um chamado entregar complicações de saúde ou ser vítima de um acidente. Quer dizer, algumas cidades até mesmo exigem a figura de ambulâncias de prontidão no momento em que o lanço reúne um algarismo bastante viaduto de integrantes.


Montar com especialistas


A fim de simplificar todo o entrecho para o pai do lanço, recomenda-se a contratação de uma empresa especializada para realizar a gestão de segurança do local, cuidando de todo o processamento de perícia e garantia de que o lanço está bem dotado, com as instalações e os equipamentos importantes para garantir a honra dos integrantes.


Essa empresa similarmente pode prover profissionais preparados para inquirir o lanço, agindo constantemente que preciso. Câmeras, sistemas de rebate e sinalização, além de uma comunicação efetivo com a central são alguns dos recursos tecnológicos que uma disposição profissional em segurança oferece a seus clientes.


Os equívocos a evitar


Ter tudo correndo como o pressentido em um lanço é razão para evento. Afinal de contas, uma simples pane já pode ser satisfatório para enxovalhar a imagem da empresa — ou, em casos mais drásticos, até virar uma atuação judicial. Dessa forma, além de uma listagem de pré-requisitos sobre o que realizar, os organizadores de um lanço similarmente precisam ter em mente o que não precisam realizar.


Não preparar a equipe


Além da contratação de seguranças e prestadores terceirizados para o lanço, é indispensável que sua própria equipe de profissionais similarmente esteja pronta para associar o orientação e moderar imprevisíveis. Afinal de contas, por mais que vários colaboradores consigam se sair bem perante dessas situações, nem sequer todos estarão 100% preparados especificamente aqueles que de modo algum participaram da disposição de um lanço.


Antes de mais nada, é necessário adotar indivíduos com perfil proativo, capazes de comportar-se com velocidade e administrar situações caóticas com calmaria. Porém não basta racionar uma listagem de regras, alguns walkie talkies e aguardar que tudo seja efetivado com sucesso.


O ideal é realizar um treinamento alguns dias antes da data programada para o lanço. Similarmente nesse fachada, as companhias especializadas são capazes de auxiliar muito, qualificando adequadamente estes profissionais. É efetivamente um investimento a mais, porém que é capaz de certificar-se que tudo correrá bem, uma vez que seus colaboradores estarão prontos para labutar com qualquer acidente.

Saiba Mais: Conheça todos os elementos de Riscos e as principais


Desejar realizar tudo sem companhia


Mesmo com um treinamento básico, a empresa necessita ter em mente que não é ofício dos colaboradores garantir a segurança física dos integrantes ou cuidar de aspectos como higienização e distribuição de alimentos, por exemplo. A equipe necessita estar focada na examinação das atividades referentes à esboço do lanço, além de garantir um bom atendimento ao público.


Terceirizar determinados serviços é uma alternativa simples para garantir a qualidade do lanço. Em termos financeiros, essa escolha similarmente costuma entregar um melhor custo-benefício que contratações fixas. Além disso, com elas vêm a firmeza de que bons profissionais estarão trabalhando para reparar às demandas dos seus convidados!


Anote aí: montar com a auxilia de especialistas é primordial. Afinal de contas, com independência do seu peso, o lanço necessita ter um planejamento minuciosamente concreto, levando em consideração aspectos que nem sempre serão da sua expertise como ciência combinatória, contratos, papelada e finanças.

FONTE: https://www.ge.com/br/

Empresas de Offshore

Pode ser frustrante depois de ler dezenas de artigos e páginas sobre investimentos no exterior, abrir a mente para a diversificação externo, entrar em contato com um banco fora e não ser reconhecido ou encontrar que aquele banco não é pra você.


Perante disso, resolvi mostrar algumas dicas que você pode utilizar não apenas para reforçar as suas chances de ter uma conta em outro país, assim como também para evitar despossar tempo batendo nas portas erradas.


Por quê?


Essa é a primeira dúvida que você precisa saber agir. Por que você pretende abrir uma conta naquele banco ou naquela corretora?


Veja, você está entrando em contato com um banco em outro país e à distância. Quem for lhe reparar não sabe nada sobre você e nem sequer possui como encontrar, já que há várias fronteiras entre os 2. Você necessita ter uma ótima pretexto para desejar uma conta naquele banco.
Por todo o contato com os leitores nesses últimos 2 anos encontra-se evidente alguns dos causas principais que levam indivíduo a abrir conta em outro país:


Corporificar investimentos em espécie forte como Dólar e Euro;


Ter acesso aos mercados acionários de vários países do mundo;


Utilizar o serviço de gestão de recursos do banco
Ajudar parte do acervo do perigo astucioso, barato e inflacionário do Brasil;


Compra de inabalável naquele país ou região
Usar a conta para a sua empresa ganhar pagamentos internacionais;

São todos causas muito plausíveis e aceitáveis que justificam ter uma conta em banco de outro país.
Quanto deseja fiar?


Há 2 causas para o banco saber o quanto você deseja fiar. Primeiro é analisar com que honradez você deseja acarretar esta conta. Ninguém abre uma conta com os causas acima e aplica 500 dólares. Por que indivíduo fuga o perigo e se daria ao trabalho de abrir uma conta para fora não morador por um valor tão baixo?

Clique Aqui: Saiba Mais: O que é uma Conta Bancária Offshore


Dessa maneira, vários bancos até mesmo determinam princípios mínimos que os novos clientes precisam fiar para ter sua conta ativada. Esses princípios não são fixos para constantemente. Estão constantemente mudando de acordo com as necessidades do banco.


De qualquer forma, algumas negócios já é fundamental saber de antemão. Os bancos de Mônaco e Liechtenstein, por exemplo, apenas costumam pegar altos depósitos iniciais. Em Mônaco, salvante pode ser que por um ou outro banco, o mínimo costuma ser de € 1 milhão. Por isso, se você não está nesse correio de acervo nem sequer convém despossar tempo entrando em contato com bancos nestes países.


Por causas óbvios, quanto maior for seu sarro e seu volume de investimentos, mais portas se abrirão para você no exterior.


Conta corporativa


Em maior parte, a boca de conta para companhias offshore é um pouco mais delicada que para indivíduo física, já que estão bastante mais relativos aos crimes de limpeza de dinheiro e evasão de divisas. Ninguém que queira fazer limpeza de dinheiro a faz para uma conta em seu próprio nome, certo?


Bom, perante disso é fundamental ter concreto precisamente o que a sua empresa faz e analisar quais países são mais adequados para este tipo de exercício. Se o negócio de sua parentela for sites de apostas, já pode evitar de antemão os EUA e Hong Kong. Chipre, Matilha e Ilhas Virgens Britânicas são mais adequados para isto.
Similarmente é ruim repetir em abrir conta nos Emirados Árabes Unidos, caso sua empresa não tenha ligamento com a exercício econômica na região do Golfo. Em maior parte, os países árabes apenas oferecem conta corporativa para companhias estrangeiras que tenham serviços na região.


Se a sua conta for somente com a intenção de investimentos e planejamento afluente similarmente é fundamental deixar isto bem evidente. E caso no meio do percurso sua empresa resolva iniciar outra exercício, é fundamental deixar o banco inteirado.


Outro coeficiente necessário é quanto a prestígio de sua empresa. Quanto mais antiga ela for, quanto mais ela movimentar, quanto mais clientes ela tiver, maiores serão suas chances de conseguir uma conta em certo banco. Não é discórdia de expressar que companhias novas não são aceitas, porém efetivamente de mostrar que quanto mais assente for uma empresa, mais opções de banco ela terá.


Pesquisa


É constantemente fundamental ter algumas informações sobre aquele banco antes de entrar em contato. Visite a homepage, veja os tipos de conta, os serviços disponíveis, os investimentos oferecidos. Atente-se para os custos de cada tipo de conta e de serviços como cartões de influência. Veja se tudo isto é apropriado à você.


Não se esqueça de que taxas constantemente existirão. É ilusão achar que encontrará um banco sem tarifas e que irá lhe reparar como um Private. Não há banco lucrativo.
Eu sugiro que você acompanhe a série de boca de conta no exterior ou visite a passagem com a listagem de bancos já mencionados por aqui para ter uma rudimentos maior parte sobre os bancos que costumam abrir conta para não-residentes.


Entendimento


Tudo o que foi levantado aqui se refere especialmente à boca de conta bancária à distância. Nos países e bancos no qual se pede a sua figura física, em especial Cingapura e Hong Kong, a burocracia em maior parte é menor. Você está lá pessoalmente e seu autorização já foi vigiado na “ divisa ”, o que reduz as chances de identidade traiçoeira.
Isto é o que acontece com quem vai aos EUA e abre uma conta simples no Wells Fargo ou Bank of America. Para conseguir o averiguado norte-americano, o próprio governo dos Estados Unidos já tirou uma auditoria da sua vida, por isso em tese não haveria urgência do banco ter necessidade de realizar isto novamente.


De qualquer maneira, seja o mais probo possível, evite se contradizer e tire todas as dúvidas de quem estiver lhe entrevistanto. Nunca omita ou invente informações. Firmeza é tudo em um relacionamento que envolve dinheiro e milhares de quilômetros de distância.


FONTE: https://www.aggreko.com/pt-br

Empréstimo Offshore

Bastante possui se tratado recentemente das companhias offshore. Dessa forma, resolvi inscrever um texto completo, para esclarecer e comunicar tudo sobre o assunto.

Pode ser que em motivo do grande algarismo de escândalos de peita que vemos no Brasil, grande parte dos brasileiros, ao ouvirem anunciar das “offshore” e dos “paraísos fiscais”, frequentemente evidencia uma ideia errada desses termos. Pré-julgamento esse, na maioria das vezes relacionado à ilegalidade.


Porém, como o próprio termo já diz, não passa de um pré-julgamento. Isto visto que as offshore são companhias que costumam ser constituídas dentro da estrita justiça dos paraísos fiscais que as recebem.
Inegavelmente que constantemente há indivíduos que utilizam essas companhias para fins indevidos. Porém similarmente há aqueles que, de maneira lícita, utilizam estes vantagens em seu favor. E estes últimos são a maior parte.


A verdade é que as offshore são legalmente previstas e há para serem usadas. São bastante aproveitadas pelas indivíduos bem sucedidas e bem instruídas no mundo todo.
E se nós, brasileiros, tivéssemos mais entendimento que é, de como funciona e, especialmente, dos vantagens que uma empresa offshore pode fazer, com certeza tiraríamos mais rendimento delas.

AS COMPANHIAS OFFSHORE

Companhias ou companhias offshore são organizações com personalidade jurídica própria. Ou seja, não se confundem com as indivíduos dos seus sócios ou beneficiários.
São criadas, em exemplo, com um propósito em sui generis: conquistar privilégios fiscais. Porém os vantagens gerados não se resumem impreterivelmente aos tributos. Trataremos disso adiante.

OS PARAÍSOS FISCAIS

Porém o que são precisamente os famosos paraísos fiscais? São países ou estados independentes que oferecem vários vantagens fiscais. Em poucas e diretas palavras, é no qual se ordenado bastante pouco ou qualquer imposto.


Os paraísos fiscais mais comuns estão situados na região do Caribe. São eles: Panamá, Belize, as Ilhas Bermudas, as Ilhas Virgens Britânicas, as Antilhas Holandesas, e as Ilhas Cayman, entre outros.

Clique Aqui: Saiba mais em nosso site Como abrir conta no exterior


Além desses, há alguns mais países e estados que não são considerados paraísos fiscais propriamente ditos. Porém, suas legislações permitem que, de maneira distinto, se obtenha resultados parecidos. São os casos de Luxemburgo, do Principado de Mônaco, do Bailiado de Jersey, do estado norte-americano de Delaware e do nosso residente Uruguai, entre outros.


A Ensino Normativa da Prescrição Federal no 1.037, de 4 de julho de 2010, especifica os países considerados como paraísos fiscais pelo Brasil.
Já para os Estados Unidos, são considerados paraísos fiscais os países/estados que constam no catálogo embaixo:

VANTAGENS FISCAIS

Em exemplo, para ter dos vantagens fiscais oferecidos pelos paraísos fiscais, uma empresa offshore não pode reproduzir suas atividades nem sequer conseguir propriedades imóveis no localidade no qual está constituída.


Utilizo o termo “ em exemplo ” visto que há exceções. Alguns poucos paraísos fiscais estão permitindo a compra de certos tipos de propriedades.
Dessa maneira, se uma empresa offshore é constituída em Tortola, nas Ilhas Virgens Britânicas, por exemplo, precisa usar fora do localidade das Ilhas Virgens Britânicas.


Dessa forma a uso do termo de origem inglesa offshore companies. Que nos remete à ideia da parentela estar além das fronteiras de um país.
Se, por um lado, as offshore se beneficiam dos farto vantagens fiscais ( várias vezes completa dispensa fiscal ) que os paraísos fiscais oferecem, de outro lado, estes países/estados atraem um grande volume de investimento que não viriam, não fossem os vantagens oferecidos.
Vejamos um malogro.
O imposto que recai sobre a atavismo de propriedades e direitos nos Estados Unidos é supremo. Sua porcentagem é de quase 40%.


É simples que os vindouros das famílias ricas não estão dispostas a pagar 40% da sua atavismo ao governo norte-americano. Ou a qualquer outro que seja. Da mesma maneira, os que construíram a ventura objetivam destinar isto tudo aos seus vindouros.

E não aproximadamente meio disso aos cofres públicos.
Por esta motivo, entre outras, muitas famílias americanas firmam companhias offshore nos paraísos fiscais. Tudo para raspar-se desse imposto.
A empresa é constituída para ganhar os propriedades e direitos dessas famílias. Uma vez fabricada, os propriedades são transferidos para a empresa (imóveis, investimentos, etc.).


E, como se entende, empresa não morre. Na hereditariedade, transfere-se somente as cotas da empresa para os vindouros. Paga-se o imposto acidente sobre a pleito mortis no glória fiscal que recebe a offshore ( imposto esse que costuma estar … adivinhe… zero!). E toda a ventura ( propriedades, investimentos, etc.) passa a ser dos vindouros. Sem custos, sem burocracia, e sem tardada.
Por que será que bilionários como Bill Gates e Warren Buffettdoam frequentemente a maior parte das suas fortunas para suas próprias fundações? Será que por serem generosos?


Uma vez que a consolidação tem um acervo, nomeia-se um diretor para usar no exterior. E são conferidos vários poderes específicos a esse diretor. Poderes para mudar propriedades, renda, cotas de companhias, etc. E, por óbvio, que tais transferências apenas são capazes de ser feitas aos beneficiários primeiro recomendados pelo senhor.
E olha que esse vatagem (tributação que recai sobre a atavismo ) é somente uma das benefícios que uma empresa offshore oferece. Ela pode proporcionar vários mais, entre os quais:


Benefícios tributárias muitas: estes vantagens tributários variam de acordo com o glória fiscal em que é constituída a empresa offshore. Os mais procurados são aqueles que dão dispensa da tributação sobre a renda e sobre mudança de atavismo.


Desnecessidade de prestação de contas: a maior parte dos paraísos fiscais não exigem que as companhias offshore apresentem suas contas às autoridades fiscais locais.


Proteção patrimonial: possibilita a blindagem patrimonial de propriedades e direitos.
Parcimônia na hereditariedade: possibilita que a hereditariedade seja primeiro planejada. Preparada de maneira simples e segura, sem burocracia, sem problemas, com baixa ( ou qualquer ) custos e de forma ágil.


Estabilidade esperteza e econômica: aproximadamente todos os paraísos fiscais são estáveis nesses quesitos. Isto protege a empresa de grandes oscilações na economia e na esperteza.


Liberdade de câmbio: é possível similarmente que sejam feitos depósitos e investimentos em moedas estrangeiras, especialmente as mais fortes, como o dólar, o euro e a balança. Não somente na espécie atual no país.
Baixas taxas de interesses: as companhias offshore costumam se favorecer de ótimas taxas de interesses no momento em que necessitam de um tipo de financiamento. Especialmente no momento em que oferecem garantias.


Segurança e selo: tamanhas são a segurança e o selo oferecidos pelos paraísos fiscais na instituição, no quadro societário e nos investimentos da empresa que, exatamente dessa forma, acabam por gerar grandes quantias de dinheiro ilícito.

É evidente que cada um dos vantagens variam de acordo com a leis do glória fiscal em que é constituída a empresa.


SHELF COMPANIES

Em motivo desses vários vantagens que geram, a uso das companhias offshore possui intonso tanto, que ensejou o desenvolvimento de um outro mercado nos paraísos fiscais: o mercado das shelf companies.


As shelf companies são verdadeiras “ companhias de prateleiras”, ou seja, são companhias criadas e colocadas em stand by. Ficam prontas, no entanto inativas, aguardando investidores interessados em adquiri-las.
Embora de serem opções viáveis, mais costumes e rápidas que iniciar uma nova empresa offshore do zero, as shelf com panies costumam estar bem melhor do que custa a produção de uma nova empresa.

FONTE: http://cdlcontagem.com.br/comunicacao/noticias?ed=true&start=632

Atribuição Offshore

anter investimentos no exterior requer uma série de cuidados especiais, principalmente após a fundaçao dos RERCT, que permitiu como a regularização daqueles que mantinham ativos não declarados no exterior. Dessa forma, é importancia ficar atento uma vez que, a Receita Federal sobre apertando o cerco quando o tema é offshore ou investimentos no exterior.

Seguem as primordiais perguntas dos para nossos  clientes a respeito da contabilidade de empresa offshore e investimentos mantidos no exterior:



CONTABILIDADE DA MINHA EMPRESA OFFSHORE?



Sim. de conservar rastrear umem uma ampla análise, empresa offshore em paraíso fiscal é uma forma arrojada de investimento e requer, consequentemente, um zelo compatível com este tipo de investimento. Em primeiro lugar, os ganhos auferidos pela offshore só de modo algum  fazem tributados imediatamente no Brasil pelo fato de sobre estrutura jurídica (offshore) em alguns casosser reconhecida pelo fisco brasileiro.

A lógica é a seguinte: se os investimentos são muitos mentidos em rastrear umem uma ampla análise, conta bancária em nome da offshore, quem aufere ganhos e perdas ao esses investimentos é a offshore. O sócio das percepções offshore, por sua vez, só tributa eventuais ganhos quando tiver disponibilidade financeira sobre esses recursos. Até lá, nada se tributa no Brasil.

Ademais, o Banco Central do Brasil solicita informações contábeis da offshore por meio da Declaração de Capitais Brasileiros no Exterior. entre as informações solicitadas localizam-se o valor do Patrimônio Líquido, Lucro ou Prejuízo do período e Lucro Distribuído no período. Ainda de acordo com o  as seguintes  orientações do Banco Central, tais informações setores, em alguns casosser apuradas com base no International Financial Reporting Standards (IFRS), o que requer o envolvimento de um contador habilitado.





POSSO PREPARAR APENAS O BALANÇO PATRIMONIAL?



De qualquer forma, nossa recomendação é sempre de conservar o conjunto completo sobre as evidencias  Financeiras da offshore (preferencialmente em língua estrangeira) para na qual sirvam tanto na devera fins regiões quanto para serem apresentados para o fisco brasileiro, caso solicitado. tudo demonstra uma boa prática em termos de governança corporativa, reforçando como a legitimidade da offshore para fins fiscais no Brasil.

Primeiramente, e imprescindível verificar se a legislação do país onde sobre sediada a offshore requer a conservação de evidencias  Financeiras isto é  se nos formulários de constituição da offshore foi indicado o endereço onde encontram-se tais evidencias  Se houver essa obrigatoriedade legitima ou se foi indicado que a empresa possui tais documentos, será imprescindível preparar as evidencias  Financeiras na devera fins locais.

Não há no Brasil uma lei na qual obrigue uma empresa offshore a manter o conjunto completo das evidencias  Financeiras. No porém para aqueles que aderiram ao RERCT, esta obrigatoriedade está expressa na legislação referente a esta programa, hipótese na qual é imprescindível de conservar no mínimo, os seguintes demonstrativo.




CARTÃO DE CRÉDITO VINCULADO À CONTA BANCÁRIA DA OFFSHORE




Quase dessa prática denota a existência de rastrear umem uma ampla análise, confusão patrimonial entre os ativos da empresa e dos sócios. A consequência ressaltar que além do mais, é na qual se encontram deposistadas a o sócio tem livre disponibilidade sobre os recursos mantidos na conta da offshore, todos os rendimentos auferidos pela offshore, nas prática, estão auferidos pelo sócio da offshore, devendo em alguns casosser tributado imediatamente no Brasil.

O perfeita é de conservar uma conta A corrente no exterior em nome de pessoa física e realizar retiradas pontuais (da conta da offshore na devera a conta pessoa física) de tal forma que todos os gastos pessoais fiquem centralizados na conta A corrente de pessoa física.




INVESTIMENTOS DIRETAMENTE EM UMA CONTA BANCÁRIA DE PESSOA FÍSICA




Sim. com o único dificuldade e na qual dos ponto de vista tributário isso não é muito eficiente. Os investimentos mantidos existe conta de pessoa física necessitam ser tributados imediatamente Ainda de acordo com o  acontece o ganho. Essa apuração e mensal e requer um controle detalhado destes investimentos.

Por exemplo, se existe determinado mês é creditado um valor de juros na conta A corrente ou ocorre um ganho na venda de um investimento, deverá ser apurado o Ganho de Capital em Moeda Estrangeira a rastrear umem uma ampla análise, alíquota de 15%, com vencimento no fim do mês subsequente ao dos recebimento. Já se ocorrer o crédito de dividendos na conta, deverá ser apurado o Carnê-Leão a uma alíquota na qual vem de 0% a 27,5% Neste vencimento e igualmente ter no fim do mês subsequente.


Descrição das principais vantagens da criação de empresa offshore

E o pior de modo algum  é Nem tudo As perdas auferidas nas vendas de investimentos no exterior não poderão que haja compensadas Neste futuros ganhos. sendo assim quando se ganha, paga-se o imposto; quando se perde, morre-se com a perda.

Já no caso da offshore, vocacionada a tantos de os ganhos serem compensados com as perdas, a tributação não se dá imediatamente no momento do ganho. como a tributação só ocorre se (e apenas se) a offshore distribuir lucro aos sócios. Neste momento, precisa ser feita a apuração do Carnê-Leão Ainda de acordo com o  descrito acima.



POSSO CONSIDERAR QUE É TUDO REDUÇÃO DO CAPITAL INVESTIDO PARA NÃO PAGAR IMPOSTO SOBRE OS DIVIDENDOS




Caso o país em que a offshore esteja sediada permita a redução do capital investido (em detrimento do pagamento de dividendos) pode ser feita a redução de capital Quando aconteceu que sejam seguidas todos as formalidades regiões (ex: ata de deliberação dos diretores, anotação nos livros societários, registro no órgão dos governo local, etc.).



Além ressaltar que além do mais, é bastante importancia que as evidencias  Financeiras da empresa demonstrem claramente a natureza dos valores que estão sendo pagos aos sócios. Essa evidenciação e realizada na Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido e na Demonstração do Fluxo de Caixa. Portanto, aquelas pessoas que só fizeram o Balanço Patrimonial, não conseguirão demonstradas  a natureza desses valores, o que pode resultar em uma autuação por parte dos fisco.

Tendo em vista que este tema assim é bastante novo no Brasil, ainda que a redução de capital seja revestida de todas as formalidades descritas acima, não podemos descartar a possibilidade de a Receita Federal entender que de modo algum  é legítima a redução de capital sem a correspondente distribuição dos lucros. A Receita Federal já realizou autuações neste sentido no passado sob o compreensão de que: se encontram deposistadas a é a árvore que gera os frutos, não seria houver possibilidade retirar parte das percepções árvore sem retirar parte dos frutos. Isso levaria à situação absurda (na visão do fisco) de se retirar totalmente a árvore e preservar unicamente  os frutos na offshore.

Este tema é sensível e a Receita Federal ainda de modo algum  se pronunciou de forma ampla sobre o assunto. Portanto, é recomendável conseguir assessoramento jurídico compatível anteriormente de realizar qualquer redução de capital.

FONTE: http://www.tapb.com.br/tapb/