Plástica para ter um rosto mais jovem e sem rugas


O lifting facial é uma intervenção plástica para coarctar as rugas da rosto e pescoço, além de diminuir a flacidez da pele e dispensar o exagero de gordura do frente, dando um aspeto mais jovem e belo.


Esta intervenção de rejuvenescimento, similarmente conhecida por ritidoplastia, é mais comum em mulheres a partir dos 45 anos e, geralmente é faz por um clínico plástico numa clínica, usando anestesia maior parte e, sendo preciso internamento por cerca de 3 dias.
Para se conquistar melhores resultados, pode-se realizar outras cirurgias blefaroplastia, para censurar as pálpebras e rinoplastia, para dispor o nariz.


No momento em que é recomendado o lifting facial
O lifting facial pode ser executado no momento em que se possui:
Rugas profundas, dobras e marcas de expressão ;
Pele flácida e caída sobre os olhos, bochechas ou pescoço ;
Frente bastante fino e concentração de gordura no pescoço com pele caída.

Estas modificações no frente são mais frequentes a partir dos 45 anos por causa de ao envelhecimento, sendo esse técnica mais comum a partir dessa idade.


Vantagens do lifting de frente


O lifting facial é uma intervenção plástica plástica que torna o frente mais jovem, com pele mais esticada e bonita, provocando bem-estar e aumentando a entono.


Antes e após a intervenção


Valor da intervenção


A ritidoplastia para aumentar o aspeto do frente custa cerca de 10 mil reais, no entanto varia com a clinica no qual é realizada.


Como é feita a intervenção

A intervenção é realizada no bloco operatório pelo clínico, sendo preciso ingerir anestesia maior parte ou sedação, tomando medicamentos para dormir fundo e coarctar a percepção de dor. Ao longo a intervenção é preciso:


Comprometer-se o cabelo em diversas mechas pequenas para evitar alastrar-se a pele e favorecer a prática da gilvaz ;
Realizar pequenas picadas no frente para adaptar anestesia maior parte ;
Realizar bom no frente para remendar os músculos da rosto e entristecer a pele em exagero ;
Realizar a gilvaz em redor das orelhas e cabelo.

Geralmente, a intervenção tardada cerca de 4 horas e é bastante delicada, sendo preciso ficar internada no hospital ou clinica por junto de 3 dias.


Além disso, o envelhecimento facial é mais comum em fumantes, pessoas que evidencia descrição fazenda excessiva e no momento em que se faz bronzeamento artificial comum.


Como se preparar para a intervenção


Antes de corporificar o lifting facial é preciso realizar uma análise maior parte do estado de saúde, executado exame de sangue e eletrocardiograma. O médico questiona sobre a figura de doenças, utilização de medicamentos frequentes, utilização de cigarro ou alergias que são capazes de casar a recuperação.


Além disso, frequentemente, o médico recomenda evitar:
Medicamentos como AAS, Melhoral, Doril ou Coristina;
Cigarro ao menos 1 mês antes da intervenção ;
Cremes faciais nos 2 dias antes da intervenção.

Similarmente é necessário realizar jejum de ao menos 8 a 10 horas antes da intervenção, de acordo com a recomendação do médico.
Como é a recuperação do lifting de frente
A recuperação da intervenção ao frente é lenta e pleito um pesar ao longo a primeira semana. Ao longo o pós-operatório da intervenção é preciso:


Ingerir medicamentos para moderar a dor, como Dipirona de 8 em 8 horas, sendo mais intensa nos 2 primeiros dias;
Dormir de abdômen para cima, apoiando a cabeça com 2 travesseiros na região das costas, deixando a nascente da cama bem grande por cerca de 1 semana, para evitar o inchaço ;
Preservar a cabeça e pescoço enfaixada, permanecendo ao longo ao menos 7 dias e não levar nem sequer para dormir ou tomar um banho nos primeiros 3;
Corporificar drenagem linfática depois de 3 dias da intervenção, em dias alternados, junto de 10 sessões;
Evitar utilizar cosméticos na primeira semana após a intervenção ;


Evitar mexer nas cicatrizes para não provocar problemas.

Drenagem linfáticaCabeça e pescoço enfaixado
Em alguns casos, o médico recomenda adaptar compressas geladas na rosto para diminuir o inchaço ao longo cerca de 2 minutos na primeira semana.


Além disso, no caso de ter pontos visíveis na rosto esses são retirados cerca de 15 dias após a intervenção, sendo necessário não corporificar esforços, acontecer o cabelo ou descrição fazenda nos primeiros 30 dias.


Principais problemas da intervenção plástica de frente
O lifting facial geralmente causa manchas roxas na pele, inchaço e pequenos hematomas, que vão desaparecendo ao longo as primeiras 3 semanas após a intervenção.


Não obstante, são capazes de manifestar-se outras problemas, como:


Gilvaz torta, grossa, folga ou escura;
Boca da gilvaz ;
Endurecimento embaixo da pele ;
Receptividade diminuída da pele ;
Parede da rosto ;
Assimetrias na rosto ;
Infecção.

Nestes casos, pode ser preciso realizar retoques na pele para aumentar o resultado da intervenção. Conheça detalhes sobre os riscas das cirurgias plásticas.


A intervenção deixa cicatriz?


A intervenção facial deixa constantemente cicatrizes, no entanto variam com o tipo de técnica que o médico utiliza e, na maior parte dos casos são pouco visíveis visto que ficam cobertas pelo cabelo e no desenho das orelhas.


Gilvaz do lifting facial


A gilvaz vai mudando de coloração, sendo que a princípio é nácar e sucessivamente torna-se similar à coloração da pele, demorando cerca de 1 ano.


Os resultados da intervenção são para toda a vida?


Os resultados da intervenção apenas são visíveis cerca de 1 mês após a intervenção, no entanto, na maior parte dos casos, a intervenção não é para o resto da vida e, dessa forma, os resultados sofrem modificações durante dos anos.
Alguns elementos que são capazes de prejudicar os resultados são o envelhecimento, a modificação de peso ou exposições prolongadas ao luz.

O que comer depois da cirurgia plastica?

C

O tempo de recuperação depois de uma intervenção plástica pode ser desgastante para o paciente, sendo bastante fundamental seguir as informações médicas com atenção para ter um pós-operatório mais sossegado e acelerado. Entre os produtos que precisam ganhar atenção de indivíduos submetidas à intervenção plástica do nariz é a refeição depois de rinoplastia.


Nesse tipo de técnica os resultados não são imediatos e, então, o atenção com a recuperação tem influencia até mesmo os resultados permanentes, como plástica nasal e similarmente cicatrização. Dessa maneira, a atenção à refeição está entre os aspectos que precisam ganhar o por causa de atenção. A seguir identificamos como o paciente pode cuidar da regime nessa ciclo.


O que alimentar-se no pós-operatório imediato?


No dia que ficar internado após a rinoplastia a regime do paciente será indicada pela equipe médica encarregado, inclusive alimentos líquidos e pastosos em temperatura fria ou local para auxiliar na recuperação. Serão evitados alimentos bastante gordurosos ou de complicado digestão, garantindo uma base alimentar mais sadio nesse primeiro hora.


Ao longo os 3 primeiros dias, os alimentos quentes e bastante salgados precisam ser evitados para não provocar sangramentos ou reforçar o inchaço da região operada. Os sólidos são capazes de ser ingeridos, a partir de que não causem desconfortos ao paciente ao longo a mastigação. Dessa forma, será possível uma recuperação mais tranquila e sem agravantes.


E a refeição depois de rinoplastia?


Com a alta médica o paciente será capaz de seguir o alívio em casa, porém isto não significa que os afazeres com a refeição precisam ser deixados de lado, pelo contrário, optar por alimentos que ofereçam vantagens para o pós-cirúrgico é uma maneira de intensificar os afazeres com a saúde nessa ciclo, garantindo uma recuperação mais apropriada.


Além de uma ótima hidratação, há vários alimentos que são úteis para pacientes que acabaram de corporificar uma intervenção plástica. Entre eles destacam-se: iogurtes, ovos, beterraba, cenoura, manga, tomate, couve, aboboreira, abacate, damasco, espinafre, limão, uva, castanha, tolo, atum, salmão, shitake e shimeji. Estes alimentos contem utilidades distintos e complementares que auxiliam o paciente na recuperação.

Conheça alguns:


o iogurte possui como propósito contrapesar a flora intestinal ;
o abacate batalha radicais livres e o malévolo colesterol e tem muitas vitaminas, além de ferro, magnésio, cálcio, potássio e mais ;
o limão amplifica a absorvimento de ferro, prevenindo em oposição a a fraqueza ;
o ovo é uma fonte rica em proteínas e também possui uma digestão mais fácil.

Estes são alguns exemplos dos vantagens proporcionados por alimentos que precisam ser ingeridos depois de uma intervenção plástica com o intuito de auxiliar na recuperação. Porém, além daqueles alimentos mais úteis para este tempo, similarmente há aqueles prejudiciais e que precisam ser evitados após a rinoplastia, como:


chocolate e doces por causa de alto índice de açúcar e gorduras e por não contribuírem com a digestão ;
alimentos fermentativos, como repolho, grão-de-bico, lentilha e feijão ;
carne vermelha;
bebidas alcóolicas;
cafeína;


alimentos ricos em gorduras saturadas ou trans, como ultra processados.

Atitudes relacionadas à refeição depois de rinoplastia são capazes de, e precisam ser discutidas com o( clínico plástico BH) encarregado pelo caso. Garantir um achega nutricional apropriado é necessário para a cicatrização adequada e uma recuperação mais tranquila