As vantagens do time lapse para construções civis!

As vantagens do time lapse para as construções civis!

A time-lapse é uma artimanha cinematográfica altamente usada em filmes hollywoodianos e seriados de tv em todo o mundo que agora ganha lugar na fabricação de material institucional para vários segmentos, especialmente a construção civil.

Você já precisa ter ouvido anunciar dessa tecnologia revolucionária ou até averiguado o resultado de sua uso, porém não sabia que ela é fama time-lapse. Pretende um malogro? A famosa série norte-americana House of Cards utiliza o recurso em aproximadamente todos os seus episódios. Confira embaixo o filme de chegada da série:

A série House of Cards utiliza constantemente a time-lapse em seus vídeos. Time-lapse é um processamento cinematográfico em que a freqüência de cada fotograma ou quadro (frame) por de acordo com de filme é bastante menor que aquela em que o filme será citado.

No momento em que averiguado a uma rapidez comum, o tempo parece correr mais rapidamente e dessa maneira parece mergulhar (lapsing).

Fantástico para a uso em vários tipos de filmagens, a time-lapse consiste na fabricação de milhares de fotografias de um mesmo local ao longo um tempo pré-definido, para em seguida combiná-las em um vídeo único que evidência a evolução de uma bem-feito ou qualquer outra exercício que necessite. O recurso time-lapse é hoje altamente empregado em obras de viadutos, estradas, prédios, galpões, edifícios, casas, condomínios e mais.

No Brasil, análogo recurso já foi implantado com sucesso pela construção civil, segmento que encontrou na tecnologia a resposta para a urgência de corporificar o orientação de obras e o repartição das mesmas.

Como referência no momento em que o assunto são drones, a Movie Drone oferece a time-lapse para a construção civil há um tempo. Possuirmos a estrutura completa para corporificar a time-lapse para construção civil de acordo com o que o cliente necessita, seja para repartição de obras com fotos aéreas da construção, etapas de construção ou auditoria da bem-feito. Time lapse BH

Tratamento de Água Comunitária

Tratamento de Água Comunitária

O abastecimento de água potável nos Estados Unidos está entre os mais seguros do mundo.

No entanto, mesmo nos EUA, as fontes de água potável podem ser contaminadas, causando doenças e enfermidades causadas por germes transmitidos pela água, como Cryptosporidium, E. coli, Hepatite A, Giardia intestinalis e outros patógenos.

As fontes de água potável estão sujeitas a contaminação e requerem tratamento adequado para remover os agentes causadores de doenças. Sistemas públicos de água potável usam vários métodos de tratamento de água para fornecer água potável para suas comunidades.

Atualmente, os passos mais comuns no tratamento de água usados ​​pelos sistemas de água da comunidade (principalmente tratamento de água de superfície) incluem:

Coagulação e Floculação

Coagulação e floculação são frequentemente os primeiros passos no tratamento da água. Produtos químicos com carga positiva são adicionados à água. A carga positiva desses produtos químicos neutraliza a carga negativa de sujeira e outras partículas dissolvidas na água. Quando isso ocorre, as partículas se ligam às substâncias químicas e formam partículas maiores, chamadas de flocos.

Sedimentação

Durante a sedimentação, o floco deposita-se no fundo do abastecimento de água, devido ao seu peso. Este processo de sedimentação é chamado de sedimentação.

Filtração

Uma vez que o floco tenha se depositado no fundo do suprimento de água, a água transparente no topo passará por filtros de diferentes composições (areia, cascalho e carvão) e poros, a fim de remover partículas dissolvidas, como poeira, parasitas, bactérias, vírus e produtos químicos.

Desinfecção

Depois que a água tiver sido filtrada, um desinfetante (por exemplo, cloro, cloramina) pode ser adicionado para matar os parasitas, bactérias e vírus remanescentes, e para proteger a água dos germes quando for canalizada para casas e empresas. Tratamento de água BH

Mídia streaming

Mídia streaming

Uma década ou duas atrás, o fio do telefone que entrava em sua casa era uma maneira pitoresca de conversar com sua família e amigos quando você não podia falar com eles pessoalmente.

A ideia básica não mudou muito desde a década de 1870, quando Alexander Graham Bell (1847-1922) e outros foram pioneiros na tecnologia de telefonia.

Mas no século 21, as pessoas começaram a ver as linhas telefônicas de uma maneira diferente: agora elas são conexões de banda larga à Internet, downloads de música, vídeos do YouTube, notícias e informações – assim como chamadas telefônicas – em nossas casas 24 horas por dia .

A transmissão de mídia (uma maneira de reproduzir arquivos enquanto eles são baixados) tem sido uma parte central dessa revolução da informação. O que exatamente e como funciona? Vamos olhar mais de perto!

Foto: BBC iPlayer é um pioneiro “on-demand” de televisão e rádio que transmite programas pela sua conexão de Internet em “tempo real”.

Isso significa que os programas são reproduzidos com a mesma velocidade de download, e cada programa leva mais ou menos o mesmo tempo para assistir via streaming, como se fosse exibido ao vivo na sua televisão.

O que é streaming de mídia?

Se uma imagem vale mais que mil palavras, uma imagem em movimento vale um milhão.

Mas como você enfia toda essa informação em um telefone? O problema é que alguns fios de cobre – a tecnologia básica por trás de nossas linhas telefônicas residenciais – não podem, normalmente, carregar informações com rapidez suficiente para trazer coisas como rádio e TV para nossas casas.

Se você já viu uma máquina de fax se arrastando, enviando ou recebendo um documento impresso a uma velocidade extremamente lenta, saberá o quão lentas podem ser as linhas telefônicas ao carregar algo que não seja a voz de uma pessoa (o único trabalho que já tiveram) projetado para fazer).

Nos dias em que a maioria das pessoas tinha conexões discadas com a Internet (onde você faz uma conexão com seu provedor usando um modem para habilitar o que é essencialmente apenas uma ligação telefônica normal), velocidades lentas eram uma grande limitação sobre o que poderia ser feito online.

Se você quisesse ouvir uma faixa de música MP3 (normalmente com cerca de 5 megabytes de tamanho), você poderia gastar meia hora esperando o download do arquivo inteiro no disco rígido, depois abri-lo e reproduzi-lo.

Os arquivos de vídeo (com mais probabilidade de serem 50 megabytes) levariam várias horas para serem baixados dessa forma, portanto, eles geralmente não estavam disponíveis na Internet. Naquela época, era impossível ouvir um arquivo de música ou filme de qualquer tamanho sem uma longa e tediosa espera.

O problema era essencialmente uma questão de largura de banda: a velocidade de uma conexão com a Internet (a rapidez com que ela pode baixar informações) estabelece um limite para a rapidez com que você pode transferir um arquivo.

Em meados da década de 1990, nos primórdios da Web, Rob Glaser e sua empresa Real (originalmente chamada Progressive Networks) foram pioneiros na transmissão de mídia como a solução para esse problema. A idéia básica é simples.

Suponha que você queira assistir a um grande arquivo de vídeo no seu PC. Você instala um media player (um programa de streaming media-playing) no computador que reproduz o arquivo enquanto ele faz o download. Então, ele baixa talvez os primeiros 10 segundos do arquivo, armazena ou armazena em buffer, e imediatamente começa a tocá-lo.

Como o media player começa a tocar a primeira parte do arquivo, ele também está baixando os próximos 10 segundos prontos para quando você chegar a esse bit.

O reprodutor de mídia nunca armazena mais do que um pouco do arquivo inteiro: uma vez que ele é reproduzido como parte do arquivo, ele é apagado para abrir caminho para o próximo bit. Se o media player puder baixar o arquivo tão rápido quanto estiver assistindo ou ouvindo, você não verá interrupções;

Se houver atrasos no download por qualquer motivo, haverá pausas ocasionais enquanto o player baixa e “buffers” o próximo bit do arquivo. Streaming BH

 

Flat, Studio Flat ou Apartamento – Qual a diferença?

Flat, Studio Flat ou Apartamento – Qual a diferença?

Se você está no mercado de um apartamento, apartamento ou estúdio, montamos este guia prático para ajudar você a escolher o tipo certo de lugar para você. Eles não são tão diferentes para se viver, mas existem algumas diferenças fundamentais entre eles. Permita-nos explicar.

O que exatamente são apartamentos e apartamentos?
Então, qual é a diferença entre um apartamento e um apartamento? Simplificando, os apartamentos são residências particulares independentes contidas em um prédio maior.

Aqueles que moram em um apartamento geralmente alugam e, portanto, são inquilinos. Mas isso também pode ser verdade em apartamentos e estúdios.

Um apartamento de forma muito semelhante tem um conjunto de quartos, mas ao contrário de um apartamento é provável que todos eles em um nível. Flats são geralmente parte de um edifício maior.

Os apartamentos estão normalmente localizados em complexos de edifícios ou condomínios fechados, às vezes com um escritório de gerenciamento nas proximidades, e muitas vezes com uma loja de conveniência comunitária, entre outras comodidades, como jardins comuns e áreas de estacionamento.

Um apartamento pode consistir em muitos quartos, potencialmente espalhados por um par de andares dentro de um prédio; um testamento plano, como o nome sugere, está todo em um nível de um prédio.

Existem muitos tipos diferentes de apartamentos e apartamentos que você pode escolher:

Um quarto – este pode ser um estúdio, ou um único apartamento ou apartamento.
Vários quartos – os quartos são separados do espaço vital.
Apartamentos no sótão ou na cave – os andares mais altos ou mais baixos de um edifício.
Apartamentos Garden – geralmente no piso térreo, com acesso externo sem degraus.
Coberturas – residências lucrativas e muitas vezes espaçosas ou luxuosas no topo de um edifício.

Duplexes – estes podem ser maisonettes, ou uma única residência, distribuídos em dois andares, mas conectados por uma escada.

O que é um Studio Flat?

Os flats de estúdio são um jogo de bola totalmente diferente para apartamentos e flats. Embora os apartamentos tenham quartos claramente delineados e dedicados, um estúdio normalmente terá uma cozinha-restaurante com quarto totalmente integrado à área de estar.

Além disso, eles tendem a estar localizados em locais centrais; as cidades têm muitos estúdios para alugar, que geralmente são oferecidos em prédios que não fazem parte de um complexo, mas geralmente ficam acima de lojas e empresas.

Um apartamento de estúdio tenderá a ser menor e direcionado a jovens profissionais solteiros, casais e novos inquilinos que estão no mercado por um lugar menor e mais acessível para viver centralmente.

A renda dos estúdios tende a ser mais barata do que os apartamentos individuais, já que a área de dormir é integrada ao resto do espaço.

Edifícios incomuns com apartamentos e apartamentos para alugar
Especialmente no Reino Unido, com o tamanho de nossa população e áreas de construção limitadas, a conversão de prédios existentes fora de uso pode ser uma ótima maneira de reaproveitar o espaço e atender à crescente demanda por apartamentos, apartamentos e estúdios.

Às vezes os apartamentos podem ser trabalhados em edifícios existentes que tiveram uso anterior como espaços não residenciais. Tipos populares de edifícios para converter em apartamentos são muito variados.

Dê uma olhada usando agentes imobiliários on-line para ver os lugares estranhos e maravilhosos que você pode viver.

Flats e apartamentos são agora mais freqüentemente encontrados em áreas rurais, na forma de conversões de celeiro, casas de campo ou mansões – às vezes você pode encontrar um estúdio para alugar em igrejas ou capelas não utilizadas.

A conversão de prédios vazios ou redundantes em apartamentos ou apartamentos acontece muito em áreas urbanas, especialmente nas grandes cidades, onde o espaço do prédio é limitado.

Fábricas, antigos escritórios e espaços industriais como cervejarias abandonadas são mais comuns nas cidades e muitas vezes são comprados e transformados em casas luxuosas e desejáveis.

Na House Network, somos agentes imobiliários on-line que são especialistas em todos os tipos de espaços residenciais e têm uma localização excelente para ajudá-lo a encontrar apartamentos e apartamentos para alugar que atendam exatamente aos seus critérios.

Se você está procurando alugar um apartamento check-out nossa seção de pesquisa de imóveis, se você é um proprietário olhando para deixar a sua propriedade, em seguida, descobrir mais através do nosso serviço de locações. Flats BH

Vantagens de manter seu carro em uma garagem?

Vantagens de manter seu carro em uma garagem

Há muitas vantagens em manter seu carro em uma garagem. No entanto, a maioria das pessoas que têm uma garagem não a utiliza para alojar o seu carro.

Vamos compartilhar alguns dos benefícios de armazenar seu carro em sua garagem, e achamos que você pode querer fazer exatamente isso! Sua garagem pode:

Fornecer proteção contra o clima. Uma garagem protegerá o seu carro, independentemente da época, mantendo o seu carro longe dos elementos exteriores.

Basta considerar os efeitos que os raios quentes de verão durante um período prolongado de tempo podem causar no interior e exterior de seu carro. Claro, a estação do inverno traz neve e gelo, e o outono e a primavera trazem muita chuva e tempestades.

Felizmente, ter e usar sua garagem para armazenamento de carros limitará a exposição a elementos do dia a dia. Além disso, ele protege de condições extremas, como granizo ou árvores caindo, que podem danificar significativamente o exterior do seu carro.
Fornecer segurança.

Uma garagem manterá seus veículos fora de vista e trancados longe de ladrões. Isso não só mantém seu carro em segurança contra ladrões / vândalos, mas também protege os pertences que você guarda em seu carro.

Se você mora sozinho ou em uma área onde a segurança pode ser uma preocupação, entrar e sair do seu carro em uma garagem fará com que você se sinta mais seguro.

Embora os acidentes com carros estacionados não sejam tão comuns quanto acidentes com veículos em movimento, sua garagem fornecerá segurança ao seu carro estacionado.

Forneça o presente da conveniência. Conveniência é uma enorme vantagem de usar uma garagem. Nos meses quentes, um carro mantido em uma garagem é significativamente mais frio.

Você consegue imaginar – não mais sentado em uma cadeira quente?

O mesmo vale para os meses de inverno, porque um carro mantido no interior será mais quente, assim haverá tempo economizado não ter que aquecê-lo. E não nos esqueçamos do tempo perdido na limpeza da neve e / ou do gelo do seu carro. Em uma garagem seu carro está pronto para ir, então tudo que você precisa fazer é apenas iniciar e dirigir.

Então, se você não está usando sua garagem para abrigar seu carro, você precisará limpá-lo para liberar espaço para o que ele significa: seu veículo!

Sabemos que você vai adorar as vantagens e conveniências que o uso da garagem trará à sua vida, além da proteção adicional que ele traz para um dos seus investimentos mais valiosos! Proteção veicular BH

7 Vantagens e Desvantagens da Cirurgia Plástica

7 Vantagens e Desvantagens da Cirurgia Plástica

A Pesquisa Internacional ISAPS sobre Procedimentos Estéticos / Cosméticos relata que, a partir de 2014, aproximadamente 1,48 milhões de procedimentos cirúrgicos e 2,58 milhões de procedimentos minimamente invasivos, ou um total combinado de 4,06 milhões, foram realizados apenas nos EUA.

Sem dúvida, a popularidade da cirurgia plástica está em ascensão, especialmente nos EUA, que está no topo da lista dos 8 países pesquisados, incluindo Brasil, Japão, Coréia do Sul, México, Alemanha, França e Colômbia. Mais e mais pessoas passam por cirurgia plástica e por inúmeras razões.

As celebridades ficam sob a faca porque querem manter sua estatura, sua aparência jovem e permanecer no negócio por um longo tempo. Outros têm problemas de saúde que precisam das medidas corretivas que somente a cirurgia plástica pode oferecer.

Qualquer que seja a razão, ela é forte o suficiente para anular as preocupações sobre possíveis complicações, dor pós-operatória e recuperação demorada.

Seja como for, existem vantagens e desvantagens associadas à cirurgia plástica e você deve estar ciente delas antes de considerar um procedimento cirúrgico cosmético:

Vantagens da cirurgia plástica:

1. Não é tão doloroso como você pode ter pensado.

Avanços em equipamentos médicos e dispositivos cirúrgicos tornaram a cirurgia plástica menos dolorosa do que no passado. A maioria dos cirurgiões plásticos irá atestar o fato de que a maioria de seus pacientes não tem mais medo de ir à faca, já que o limiar de dor foi consideravelmente reduzido em comparação com o que era 10 ou 20 anos atrás.

Por exemplo, se você teve a intervenção de cirurgia plástica de face ou seios, você só pode sentir dor por cerca de 24 horas e simples analgésicos prescritos pelo seu cirurgião podem aliviar facilmente a dor.

2. Existem intervenções de cirurgia plástica benéficas para sua saúde

Enquanto a maioria das pessoas geralmente opta pela cirurgia plástica para atingir objetivos estéticos, é importante saber que ela também pode ajudar a corrigir um problema de saúde.

Um procedimento de redução de mama é recomendado quando seus seios são muito grandes e pesados ​​para o seu tamanho e coloca muita pressão na coluna causando dor nas costas e no pescoço. A redução da redução pode remover a dor e, ao mesmo tempo, proporcionar seios mais proporcionais.

As cicatrizes repulsivas causadas por acidentes horríveis ou queimaduras em seu rosto ou corpo só podem ser eliminadas através de cirurgia plástica reconstrutiva que utilizará enxertos de pele.

As mulheres que passaram por mastectomia devido ao câncer de mama passam rotineiramente pela cirurgia reconstrutiva da mama para obter novos seios e restaurar o equilíbrio físico e emocional.

Seios são símbolos da feminilidade e restaurá-lo dá esperança e normalidade renovadas que podem ajudar o paciente a encontrar a força emocional para enfrentar sua mais importante batalha contra o câncer de mama.

3. A cirurgia plástica pode ajudá-lo a se livrar da pele flácida

Todos os dias você é inundado de propagandas promovendo cremes mágicos, regimes de exercícios, massagens de emagrecimento e tratamentos faciais que prometem ser a solução para o rosto flácido, o abdômen, as nádegas e assim por diante. Não funciona! Simplificando, a flacidez da pele só pode ser corrigida com a ajuda de cirurgia plástica e nada mais.

Se você estava com sobrepeso, obeso ou perdido considerável de peso, você terá muita pele solta e flácida. Ir à academia não ajuda você a se livrar dela, especialmente se você não tiver boa elasticidade da pele. A única solução para a pele flácida indesejada é uma intervenção cirúrgica.

Entre as cirurgias plásticas mais solicitadas está a abdominoplastia, que envolve a remoção do excesso de pele e tecido adiposo no abdome, bem como o aperto dos músculos abdominais enfraquecidos.

Após a perda maciça de peso devido à cirurgia bariátrica ou dieta extrema, os tecidos subcutâneos perderão a elasticidade e produzirão a flacidez.

O problema não é apenas estético. O excesso de pele solta e flácida também tem efeitos prejudiciais em sua qualidade de vida, tornando simples atividades, exercícios leves e até mesmo andando, porque afeta a mobilidade. Também afeta sua saúde, pois coloca você em risco para infecções de pele.

Todas essas questões podem ser corrigidas com uma série de intervenções de cirurgia plástica, como abdominoplastia, elevação das coxas, elevação das nádegas, elevação dos seios, lipoaspiração e levantamento dos braços.

A pele flácida após perda de peso dramática pode afetar negativamente o estado emocional do paciente. Não é apenas uma questão estética, mas também funcional. Se não for removido, o excesso de pele resultante da cirurgia bariátrica diminui a alegria de ter perdido peso substancial porque o corpo ainda pareceria pouco atraente.

Por essa razão, cada vez mais pacientes nessa situação estão prontos para realizar procedimentos de cirurgia plástica para melhorar a forma e o tônus ​​da pele e adquirir um corpo mais firme e com contornos.

De acordo com os especialistas da área, a remodelação do corpo após a perda maciça de peso melhora consideravelmente o bem-estar emocional e físico do paciente, o que se traduz em melhor qualidade de vida. .

4. Os resultados da cirurgia plástica são imediatamente visíveis e, na maioria dos casos, são também permanentes isto

Você pode levar anos e anos trabalhando na academia para obter o pacote de seis que você está sonhando. Mas, novamente, talvez não, por causa dessa camada teimosa de gordura no abdômen que é resistente à dieta e ao exercício.

A lipoaspiração é uma técnica cirúrgica que pode ser sua transformação durante a noite, uma vez que remodela e melhora o seu corpo, removendo os depósitos de gordura localizados.

Claramente, os resultados após as intervenções de cirurgia plástica são imediatos. Você pode obter seios maiores, uma bunda mais arredondada, perkier ou minúscula, com um procedimento simples.

É claro que o período de recuperação leva cerca de duas semanas, mas em apenas algumas horas, você pode ver a melhoria acentuada nessa parte do seu corpo aumentada pela cirurgia plástica.

Os resultados também são permanentes na maioria dos casos, para mama e aumento de nádegas com implantes, e diferentes tipos de elevadores, mas naturalmente carrega uma ressalva.

Para manter os efeitos benéficos da cirurgia plástica, o paciente deve estar disposto a fazer mudanças no estilo de vida, comer de forma saudável, exercitar-se regularmente e manter um peso estável.

Desvantagens da Cirurgia Plástica:

5. Os custos proibitivos das intervenções de cirurgia plástica

Na maioria dos casos, a cirurgia plástica não é coberta por planos de saúde e o custo varia dependendo do procedimento que está sendo realizado. Definitivamente não é uma gota no balde! Pode chegar a várias dezenas de milhares de dólares.

Ao considerar os custos da intervenção, você também precisa adicionar os custos de recuperação, cuidados pós-operatórios e cirurgias de revisão que possam ser necessários. Intervenções em cirurgia plástica não transformam você em outra pessoa.

A cirurgia plástica não é uma fada madrinha que pode transformá-lo com um simples movimento da varinha. Você não deve esperar ter um rosto ou corpo completamente novo após uma intervenção de cirurgia plástica. Ter expectativas realistas sobre o que a cirurgia pode fazer por você é o primeiro passo para uma intervenção bem-sucedida.

Passar por cirurgia plástica para parecer mais com sua celebridade favorita não é uma boa ideia. Esperar ter uma personalidade completamente nova ou a vida após a cirurgia plástica é como alcançar a lua. O que a cirurgia plástica pretende fazer é corrigir suas imperfeições e melhorar sua aparência para que você tenha a melhor aparência possível.

Tentando tornar-se outra pessoa com a ajuda de cirurgia plástica deve ser evitado a todo custo. Intervenções em cirurgia plástica têm riscos Assim como qualquer intervenção cirúrgica, a cirurgia plástica não é isenta de riscos.

As complicações mais comuns são sangramento excessivo, infecção no local da incisão, necrose e reações adversas ao anestésico.

Cada intervenção em cirurgia plástica vem com seu próprio conjunto de complicações específicas, como perda de sensibilidade na área tratada e irregularidades de contorno para procedimentos de lipoaspiração. Um aumento de mama e nádega com implantes corre os riscos de contratura capsular, bem como possível ruptura e vazamento de implante.

Edema, seroma e hematoma também são complicações potenciais de intervenções de cirurgia plástica que são evitáveis ​​em alguns casos, e tratáveis ​​em outros.

Inchaço e hematomas são comuns após os efeitos após a cirurgia plástica, uma vez que os tecidos experimentam trauma e lesão e precisam de tempo para se curar e voltar à forma.

Não há motivo para preocupação se o inchaço não desaparecer em poucos dias. Pode levar até algumas semanas e até meses para que o inchaço desapareça, especialmente se estivermos falando de intervenções complexas ou múltiplas.

Conclusão

A pessoa disposta a passar por cirurgia plástica ou procedimentos estéticos para melhorar um aspecto particular de seu corpo ou face faça uma pesquisa completa e reúna o máximo de informações sobre as intervenções antes de ir ver um cirurgião plástico.

As informações estão disponíveis on-line em sites especializados ou de pessoas que passaram por esse tipo de intervenção no passado. A cirurgia plástica é um procedimento eletivo e não de emergência; portanto, não há motivo para tomar decisões urgentes sobre o cirurgião que realizará o procedimento. e o tipo de intervenção.

A decisão de se submeter à cirurgia plástica deve ser cuidadosamente estudada e pesada e o paciente deve estar plenamente ciente de todos os riscos e complicações vis-à-vis os benefícios esperados antes de agendar o procedimento. Cirurgia plástica BH